Toda organização possui um objetivo, uma razão de existir. O propósito da Igreja é expandir as suas obras de modo que ela possa levar a Palavra de Deus e congregar o maior número de pessoas Se a administração da Igreja é bem-sucedida, ela tende a crescer, aumentar seus membros e incrementar os seus projetos. Mas afinal, o que é administração e como ela se aplica na minha Igreja?

Entendendo a administração

Administração de Igreja significa tomar as decisões corretas sobre a utilização dos recursos – humanos, materiais e financeiros, de modo que a Igreja possa realizar a sua obra de maneira e cumprir a sua missão. Ao administrar a sua igreja é preciso seguir os princípios básicos da administração: Planejamento, Organização, Direção e Controle.

Planejamento: Significa estabelecer planos, métodos e processos que guiarão as ações e os objetivos da Igreja. Para ajudar no planejamento você pode responder às seguintes questões: O que? Quem? Quando? Como? as coisas serão feitas.

Organização: É o processo de alocar/distribuir tarefas, responsabilidades e recursos entre os membros da Igreja. Significa adequar a estrutura da igreja aos objetivos propostos.

Direção: significa liderar, influenciar e motivar os funcionários e voluntários da Igreja a realizarem tarefas essenciais ao cumprimento da sua missão.

Controle: Por fim, controle significa verificar a realização das atividades e objetivos conforme estabelecidos para manter a Igreja no caminho certo.

O papel do Líder da Igreja

Ensinar a Palavra de Deus, aconselhar os membros e orar são atividades importantes da rotina de pastorear, mas são apenas parte da administração de uma Igreja. O ato de administrar é trabalhar com e através das pessoas envolvidas para realizar os objetivos.

Outras funções que o Líder da Igreja deve exercer:

  • Fixar objetivos

  • Analisar, conhecer e buscar soluções para os problemas da Igreja

  • Organizar o ministério e alocar os recursos financeiros, tecnológicos e humanos

  • Liderar, comunicando e motivando as pessoas

  • Negociar

  • Tomar decisões

  • Controlar, mensurando e avaliando.

Sistema de Gestão de Igrejas

Ao fazer a administração da sua Igreja, você deve levar em conta as informações fornecidas pelo seu histórico de atuação, por isso, é importante que a Igreja organize o histórico de seus membros, financeiro, Eventos, contabilidade, entre outros, através de um Sistema de Gestão de Igreja.

O sucesso de uma administração está na habilidade de analisar os dados de evolução da missão da Igreja e traçar previsões futuras, ajustando sempre os recursos conforme o cotidiano da Igreja.

Gostaria de conhecer uma ferramenta capaz de otimizar a Administração da sua Igreja?

Entre em contato com a Equipe Prover e conheça as nossas soluções.

Gostou da matéria? Acha que poderia ser útil para outros membros da sua Igreja?

Compartilhe através do links abaixo!

Como administrar uma Igreja com sucesso
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Show Buttons
Hide Buttons