Dicas para criação e implementação de células em Igrejas

Publicado em 28/08/19

Nada em uma Igreja é mais importante que o momento do culto. É nesta hora que o Pastor ou palestrante compartilha com os irmãos a palavra do Senhor. Através do Pastor, Jesus nos envia mensagens e ensinamentos valiosos que irão pautar toda nossa vida e caminhada espiritual.

            Porém, sabemos também que para um relacionamento sólido com Cristo, precisamos nos alimentar e conhecer sua palavra diariamente. Discuti-la com outros irmãos, entende-la e aplicar esses conhecimentos em nossa rotina.

            Para isso, a maioria das Igrejas oferece cursos, eventos e células ou grupos de discussão. Normalmente são encontros semanais, dentro de espaços comuns nas Igrejas, ou até mesmo na casa dos participantes. Por serem grupos menores e mais íntimos e terem essa proposta diferente do culto, podem ser feitos em ambientes menores e mais aconchegantes do que os cultos.

Hoje, vamos falar um pouco mais sobre as células e sobre como você pode identificar em sua Igreja a necessidade de implementação de células especificas, para manter seus membros alinhados com a palavra de Deus e vivendo de acordo com Seus ensinamentos.

 

1. Entenda as necessidades da Igreja e das pessoas.

Converse com as pessoas, identifique suas carências, necessidades, dúvidas e fale com elas sobre suas aflições. Muitas vezes o problema de alguém é o mesmo de muitos outros, e criar uma rede de interesses e apoio mútuos pode mudar a vida desses irmãos.

 

2. Planeje grupos por área de interesse.

Jovens se dão melhor e se abrem mais com pessoas da sua idade, mulheres preferem dividir suas angústias com outras mulheres, homens têm muito mais liberdade de se expressar se estiverem em grupos só de homens.

Identifique os perfis, faixas etárias, estilo de vida e interesses de cada pessoa. Através disso, delegue as células para líderes que sejam parte desses grupos, ou que consigam conversar bem com cada tipo de perfil. Um líder carismático, moderno e divertido pode ser ideal para entusiasmar os jovens. Já uma mulher casada e com vivência familiar pode ser um modelo de inspiração para outras mães, e assim por diante.

 

3. Tenha local adequado.

Como as células são reuniões mais íntimas, menores e abertas à discussões e debates, não é ideal realizar os encontros nos mesmos moldes do culto.

O líder deve estar acessível e ao lado de seus liderados, jamais em um púlpito ou palco. Assim como as pessoas devem poder sentar-se lado a lado ou em um círculo, nunca em fileiras.

A proposta da célula é um encontro de irmãos em comunhão com Deus. O líder irá somente guiar as discussões, jamais se colocando como alguém superior.

Por isso, se na sua Igreja não tiverem salas menores para encontros, uma opção é realizá-los na casa do líder, Pastores ou dos próprios membros. Podendo variar e ser cada dia em um local, para ficar mais alegre e dinâmico.

 

4. Leve conteúdos relevantes.

Parte importante ao liderar e manter uma célula unida e interessada é o conteúdo que se aborda em cada encontro.

Como nesse ponto você já estará ciente dos interesses em comum de suas células, fica mais fácil discutir com elas conteúdos que sejam parte de seu dia a dia e realidade.

Exemplo: Uma célula para jovens deve ter conteúdo mais leve, de fácil entendimento e que tenha relação com a vida dessas pessoas, como ensinamentos sobre a história da vida de Jesus e o que a bíblia nos ensina sobre comportamento e casamento.

 

5. Faça o acompanhamento dos membros.

É super importante que os Pastores e líderes de células conversem individualmente com cada membro para saber suas queixas, dúvidas, angústias e sempre entender o que pode ser melhorado e abordado nos encontros.

O senso de pertencimento é muito importante na vida de qualquer ser humano. Levar em consideração opiniões, se importar com a evolução espiritual e familiar de seus liderados os dá um sentimento incrível de estarem sendo amados, de serem importantes para a comunidade e os faz sentir vontade de participar sempre dos encontros da célula.

 

6. Seja / tenha um líder que inspira.

Independente de ser você o líder da célula ou quem comanda esses líderes, é necessário que todos tenham perfil e conhecimento bíblico necessários para ser um influenciador de pessoas.

Um líder de verdade dá exemplo, inspira, aconselha, acolhe, compreende e é um modelo de ser humano e de cristão.

Seja por seu extenso conhecimento bíblico ou por seu comportamento social e familiar de acordo com a palavra e vontade de Deus, um líder deve sempre praticar o amor, seguir os ensinamentos de Jesus, transmiti-los e inspirar a todos para que vivam em comunhão com Cristo.

 

Para facilitar sua gestão, o Sistema Prover conta com um aplicativo personalizado que organiza seus grupos e células, reuniões e toda a comunicação com os membros.

Para saber mais navegue em nosso site e solicite uma apresentação para nossa equipe!

gestão de igrejas
Sistema de gestão para igrejas
Sistema para igrejas
Sistema financeiro para igrejas
orientação para ministério
Eventos e células
Vida cristã