close

Antes de falar sobre Segurança de Dados nas Igrejas, quantos de nós já recebeu um e-mail do banco que parecia um pouco suspeito? Você abriu este e-mail novamente e percebeu alguns erros de digitação? Aí ficou se perguntando se o e-mail era realmente do seu banco? Afinal, vários erros de digitação em um e-mail de uma grande empresa são uma marca registrada de hackers e criminosos, não é mesmo? 

Esse tipo de ataque envolve uma pessoa que tenta se passar por um funcionário do seu banco por meio de um e-mail para ter acesso a suas informações confidenciais e, em seguida, usar tudo o que tiver acesso para se passar por você no banco. 

Estamos expostos a esse e vários outros tipos de ataque o tempo todo. E com as igrejas não seria diferente. Já falamos por aqui que a preocupação com a privacidade dos dados nas igrejas não pode ser ignorada. E, que por lidar com dados sensíveis, as igrejas têm a obrigação de prestar contas sobre como e onde estão armazenados os dados, sejam eles de membros ou financeiros.

Você deve estar se perguntando: O que é segurança de dados nas igrejas? Ou por que as igrejas são hackeadas? Descubra agora neste post.

Aí eu te pergunto, você está preparado para perder mais de 3.740.000 milhões de reais? Isso é o quanto uma igreja em Iowa, estado nos Estados Unidos da América, perdeu para uma invasão de hackers. De acordo com a CBS News, os hackers se infiltraram nos computadores e roubaram o dinheiro .

A igreja provavelmente foi um alvo fácil porque não tinha proteção de um sistema de segurança sofisticado e moderno. Felizmente, a diocese teve suas orações respondidas e os quase 680 mil dólares foram recuperados graças à sua seguradora e ao banco.

Nem tudo é sobre o dinheiro

Não está tão preocupado em perder dinheiro? Então, talvez você esteja preocupado em perder o acesso ao computador da sua igreja ou ao sistema de gestão.

Confira esta história: A Primeira Igreja Presbiteriana de Birmingham, localizada no subúrbio de Detroit, perdeu acesso aos seus registros depois de ser infectada com o ransomware CryptoLocker. 

Os criminosos solicitaram um resgate em troca da chave digital que restaura o acesso aos registros. Felizmente para a igreja, eles tinham um backup dos dados, mas a restauração desses dados demorou muitas semanas.

Então, o que a sua igreja pode fazer? É importante manter-se atualizado sobre as últimas novidades em segurança cibernética e, principalmente Segurança de Dados nas Igrejas.

Sua igreja está segura de hackers e vazamentos de dados?

Na Plataforma Prover esses assuntos são levados muito a sério!

Buscamos oferecer os melhores serviços e experiências para nossos clientes e isso inclui nosso compromisso em sermos transparentes sobre a forma como tratamos os dados da Igreja.

Conheça nossas ações:

LGPD - Sua igreja no controle de seus dados

Somos a ÚNICA plataforma totalmente adequada à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), esta lei brasileira estabelece regras para uso de dados pessoais e descreve seus direitos e como os dados da sua igreja devem ser utilizados e armazenados.

Clique aqui e confira nossa nova política na íntegra colocar o link

Tecnologia de ponta em hospedagem

Os servidores da Plataforma Prover estão hospedados em data centers da Amazon AWS com garantia de 99,9% de disponibilidade.

Além disso, todo tráfego de informações é criptografado utilizando certificados SSL/TSL, a mesma tecnologia utilizada por bancos.

 

Proteja sua igreja agora com a Plataforma Prover

Receba artigos e materiais gratuitos

Cadastre seu e-mail e receba dicas e artigos para te ajudar a gerenciar seu ministério de forma simples e 100% online.