close

Todos nós temos sonhos e planos, sejam grandes ou pequenos. No entanto, sonhar e realizar são duas coisas bem diferentes. Não há duvidas de que para realizar você precisará de um planejamento.

Depois de colocar os sonhos da igreja em um plano de ação, precisamos ter certeza de que esse plano será implementado. E vamos ser honestos, essa é a parte mais difícil. Afinal, as igrejas são lugares movimentados e imprevistos acontecem. 

O maior desafio dos ministérios é equilibrar as responsabilidades do dia-a-dia com o alcance dos objetivos da igreja. Neste post falaremos sobre o que você pode fazer para alcançar os objetivos da igreja.

Como alcançar objetivos estratégicos

As igrejas que crescem e avançam sempre têm algo em comum, elas cumprem objetivos determinados por um processo de planejamento estratégico.

Esses objetivos são articulados por meio de metas bem descritas e disseminadas por toda a instituição. No entanto, para que isso aconteça devemos assumir uma abordagem estratégica para garantir que as metas sejam cumpridas.

Certamente você está se perguntando por onde começar? Todos nós sabemos que administrar a igreja é desafio, ainda mais quando se trata dos planos, afinal, eles são promessas de Deus para o ministério. Então o cuidado na hora de colocar eles em prática o cuidado precisa ser redobrado.

Entenda quais são os principais passos para realizar um planejamento completo e eficaz para sua igreja.

  1. Análise de cenário

Nesta primeira etapa você precisa analisar o cenário atual da igreja.

Realize um levantamento dos dados financeiros, crie um histórico de atuação das gestões anteriores e todas as suas ações bem sucedidas do ministério.

Essas informações irão possibilitar à igreja uma visão mais detalhada do cenário financeiro atual e permitirão uma tomada de decisão fundamentada e assertiva para o ministério.

  1. Definição de objetivos e metas

Após a análise geral do cenário financeiro da igreja, chegou a hora de definir os objetivos e metas financeiras para o segundo semestre.

Crie metas e objetivos, tanto para a igreja, quanto para as áreas de seu ministério.

Lembre-se: essas ações estratégicas precisam ser claras e principalmente alcançáveis.

Essas ações devem ser desdobradas em indicadores que mostram a proximidade da igreja em relação aos objetivos definidos.

  1. Controle 

Para mensurar resultados periodicamente e monitorar a implementação do planejamento na igreja, você precisará criar um método de controle.

Por isso, nós da Prover resolvemos dar uma ajudinha a sua equipe, separamos um Kit de Gestão Estratégica para Igrejas. 

Descubra como criar um planejamento financeiro, como conseguir voluntários e também, como turbinar a comunicação do ministério.

A planilha é um instrumento prático e simples onde você pode controlar algumas informações estratégicas do seu ministério. 

Ao acessar as planilhas você vai perceber que é fácil de usar e super intuitiva. Dê uma olhada nas categorias, você pode adequar conforme as necessidades da sua igreja.

  1. Capacitação de pessoas

Em muitas igrejas, a gestão é realizada por voluntários ou pelo próprio pastor. Em alguns casos, os voluntários responsáveis para acompanhar as finanças da igreja e crescimento dos ministérios, além do cuidado com os membros.

Eles têm a visão realista das situações e podem ter grandes ideias. Escute-os na hora de estabelecer as metas da igreja para o segundo semestre.  

Receba artigos e materiais gratuitos

Cadastre seu e-mail e receba dicas e artigos para te ajudar a gerenciar seu ministério de forma simples e 100% online.